segunda chance para falar da vida

mamãe, a formiguinha rasgou!

(ela, se contorcendo, até que parou. eles, intrigados, com um giz de cera na mão)

não pude mais fugir. a palavra saiu, depois de muito lutar: não querido. a formiguinha morreu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s