Eis que surge: Lauren (ainda sem sobrenome)

há tempos te espreito.

mas nunca te respeito.

ontem me perguntei se era possível te amar. amar alguém que não se sabe amor.

então Djavan e Bethania me cantaram o que te dizer.

e te dizendo, te tirei. Lauren, você nasceu de um suspiro mal respirado. agora crio.

 

É inútil chorar 
Noites enveredar 
Ruir por nada assim 
Minha vida é sua 
Como um marinheiro do mar 
Sofrer não há porque 

Desencana meu amor 
Tudo seu é muita dor 
Vive 
Deixa o tempo resolver 
O que tem que acontecer 
Livre 

Tanto que eu sonhei 
Nos amar a pleno vapor 
Tanto que eu quis 
Fazê-la estrela 
Da sagração de um ser feliz 

Desinflama meu amor 
Do seu jeito é muita dor 
Vive 
Deixa o tempo resolver 
Se tiver que acontecer 
Vive 

Desencana meu amor 
Tudo seu é muita dor 
Vive 
Deixa o tempo resolver 
O que tem que acontecer 
Livre.

Vive – Djavan

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s