equinócio!

Quem não tem inverno, não sabe que dia é hoje.

Aqui não tem neve pra degelar. Só entendi o que significava o final do inverno vendo um filme iraniano que não me lembro o nome (infelizmente), em que um povoado vive as 4 estações. No início da primavera, entendi profundamente, pelos olhos alheios, a celebração do fim de um tempo de recolhimento e privações. O início do amor que florece, fresco, intenso, cor de sangue e vida.

Desde então, celebro, sempre. Com  flor da casa de mãe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s