para tentar entender

Meu pai tem aquela típica fadiga de quem passou a vida achando que tinha que remendar tudo.

Mas a rede de buracos na teia era enorme. Mesmo para alguém formado em medicina.

Agora, cansado, ele se dedica a descosturar cicatrizes. Vive na anti-cirurgia de si.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s