o eterno começo

é sempre assim: tenho os personagens, uma ou duas cenas, o coração da peça, a trilha sonora (sempre muito sonora). aí reclamo: é a história que demora, parece que foge!
ele, companheiro de vida e conhecedor de mim há milênios: é porque você não gosta de conflito.

simples assim.

agora diz: por que diabos encafifei de ser dramaturga?

Uma resposta para “o eterno começo”

  1. Te endendo perfeitamente… Tem dias em que tudo o que eu queria era ficar quieta no meu canto, que ninguém me visse ou tivesse de me escutar. Que eu pudesse ser a personificação da ignorância, sem culpa. Então, pego o telefone e marco uma entrevista! Ou subo no palco, com os olhos de dentro e de fora me medindo, me perguntando, me comparando aos extrovertidos do mundo; eu, na minha timidez envergonhada. Aí também me questiono: por que raios a gente se mete a matar leões se morre de medo deles???!! Acho que não tem explicação.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s