lendo Mia Couto

nossa!

é ficar com promessa de choro viva entre o peito e a garganta, quase escapulindo olho afora. dá pra ler de tacada não, pede tempo de pedir socorro, de pedir abraço, de dar abraço, até. Na aridez descalça, agradecer pela água.

Eu agradeço as palavras dadas. “A vida é demasiado preciosa para ser esbanjada num mundo desencantado”. Vixe, que coisa boa de ler!

2 respostas para “lendo Mia Couto”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s